sábado, 5 de abril de 2008

Até um dia!

Com tristeza, venho me despedir de vocês.
pois por problemas particulares,
estarei me retirando da net.
Quem sabe um dia, possa retornar.

Agradeço ao carinho que recebi,
desde que cheguei.
Mas, tem uma hora em que precisamos
decidir o que é melhor para nós mesmas.
E, infelizmente, está é aminha hora.

Obrigado, por tudo.
E quem sabe, até um dia.

Mysthyk


Antes de me retirar, deixo os últimos destaques
que recebi esta semana e ainda não havia colocado.
Fiquei emocionada com o carinho, que recebi,
de todas as formas.




quarta-feira, 26 de março de 2008

Astrologia Babilônica

Astrologia Babilônica

A astrologia Babilônica era parte do culto religioso oficial.
Os astrólogos babilónicos eram também sacerdotes religiosos;
tinham a seu cargo por isso não só a função litúrgica e de devoção,
como também a missão de interpretar a vontade, intenções e mensagens
dos espíritos celestes, (deuses); pois uma das formas de realização
dessa tarefa de comunicação com os espíritos, era feita através da astrologia.

A astrologia babilônica foi sistematizada há cerca de 2.000 anos A.C.
Os mais importantes escritos sobre astrologia na babilônia datam
do Sec XVI A.C.; uma das mais importantes obras astrológicas
encontra-se registada em 70 placas, sendo que a obra de astrologia
e horóscopos se chama « Enuma Anu Enlil».

A astrologia babilônica funcionava tanto através de um sistema de sinais
e presságios que indicavam a futura realização de um certo tipo de eventos,
assim como, também, consistia num estudo dos corpos celestes
e da influencia que a sua disposição exercia sobre certos eventos
tantos pessoais como sociais.

A astrologia e religião babilônica professava a sua crença esotérica
na concretização de duas praticas espirituais:

Um processo necromântico
Um processo astrológico – espiritual

Através do processo necromântico, os sacerdotes encontravam
em contacto com o mundo dos espíritos através do sacrifício de animais.
Acreditavam os babilônicos, (bem como a maioria das civilizações
da antiguidade), que certos espíritos, (deuses),
se identificavam com certos animais que lhes eram agradáveis
ou traduziam muito da sua própria essência neste mundo;
ora, o animal com o qual um certo deus se identificava
era-lhe sacrificado; se o espírito aceitasse o sacrifício daquele animal,
então aceitaria junto de si a alma do animal sacrificado,
e falaria manifestando-se no corpo do mesmo, uma vez que o corpo
não passa de um receptáculo para uma alma.
Assim o espírito celestial faria revelar as suas mensagens no corpo
do animal com o qual entrou em contacto, da mesma forma que também
podia fazer inscrever os seus pensamentos ou vontades
divinas nos corpos celestes.

Assim se chega ao processo astrológico:

Na astrologia babilônica, professava-se que os corpos celestes
podiam permitir conhecer não só a dinâmica do mundo visível e físico,
(auxiliando na previsão da mudança das estações, e logo nas colheitas,
nos fenómenos atmosféricos,etc), como também podiam permitir conhecer
a dinâmica do mundo invisível ou espiritual, assim como a influencia
desse sobre o nosso mundo e as nossas vidas.

A astrologia babilônica reconhecia 5 planetas:
Júpiter, Vénus, Saturno, Mercúrio e Marte.

Cada um destes planetas eram considerados como representações
de 5 espíritos celestiais ou deuses, pelo que seria possível
pela sua observação, calcular as dinâmicas, mensagens e influencia
desses mesmos espíritos ou forças espirituais nas nossas vidas ou no nosso mundo.

Sublinhe-se que os corpos celestes não eram vistos nem entendidos
como «deuses», ao contrário do que comummente se diz.
Os corpos celestes eram antes entendidos como representações
simbólicas de forças espirituais celestiais, que se podiam manifestar
através da natureza, nomeadamente dos planetas.
Os astrólogos e magos da antiguidade não eram por isso um grupo
de ignorantes supersticiosos, (ao contrario: eram reconhecidamente
brilhantes astrónomos e matemáticos), e não confundiam o que é um espírito,
como o que é um corpo celeste, ao contrário do que normalmente se afirma.

Na astrologia babilônica, os 5 planetas de reconhecida influencia sobre
o nosso mundo, correspondiam aos seguintes espíritos celestes, ou deuses:

Júpiter/Nibiru – Maduk; deus dos deuses, dominador da magia branca.

Vénus – Ishtar; deusa da fertilidade, amor, das conquistas e das vitorias.

Saturno – Ninib; deus da agricultura e das curas
mas também o «vento do sul»: o ciúme e a ira.

Mercúrio – Nabu; deus da sabedoria e da escrita.

Marte – Nergal; deus da guerra, destruição, pestilência,
senhor do fogo e dos desertos.

Também o Sol e a lua correspondiam a 2 divindades:
Sol- Shamash, o deus Sol e da justiça.

Lua- Sin, a deusa lunar, senhora da astrologia e da magia.

A «santa trindade» na religião babilônica era representada por Shamash,
Sin e Ishtar
, representando este o sol, a lua e a terra.

Era a atividades destes 7 corpos celestes e as suas relações entre si,
que permitam entender a influência que as 7 entidades espirituais
e celestes exerceriam sobre o nosso mundo físico.

Os babilônicos foram os primeiros a criar um calendário semanal,
(fundamentado no Sol), e a dar nomes aos dias da semana,
o que veio a indelevelmente influenciar a cultura da humanidade
até aos nossos dias.

Domingo- dia do Sol
Segunda feira- dia da Lua
Terça feira- dia de Marte
Quarta feira – dia de Mercúrio
Quinta feira – dia de Júpiter
Sexta feira – dia de Vénus
Sábado – dia de Saturno

Ainda hoje em dia, a definição dos dias das semanas criada pela
astrologia e astrólogos babilônicos, perdura nos nossos dias.

Ainda hoje, a astrologia e esoterismo encontram nestas fontes,
os meios de contato com entidades espirituais.

A astrologia babilônica era uma astrologia de profundo sentido
religioso, espiritual e necromântico, ao contrário do conceito
da astrologia ocidental, tal como hoje é entendida.

Tratava-se de uma pratica astrológica relacionada com as forças
espirituais que influenciam a nossa existência,
ao contrário da astrologia ocidental, mais fundamentada
que é nas escolas astronómicas racionalistas.

(texto integral aqui)

sexta-feira, 14 de março de 2008

Numerologia - parte III

Número da Casa

Antes de interferir no número de sua casa ou apartamento,
avalie o que pretende.
Pense em todos que moram com você e reflita se a possível mudança
é boa para todo o grupo. A não ser que more sozinha, lembre-se que
uma casa abriga pessoas diferentes, com caminhos e personalidades próprios.
O ideal é promover energias compatíveis com a família inteira.

A mudança do número da casa deve ser encarada como uma atitude pessoal,
evite comentar com pessoas que não entendem ou não acreditam.

Acrescente o novo numeral ou a letra correspondente (veja na tabela inicial)
de uma maneira discreta. Aliás, a lei não permite este tipo de alteração.

Nunca deixe de comprar um imóvel só porque a soma de seus números é desfavorável. Toda propriedade está aberta para mudanças de energias
e a numerologia está aí para ajudá-la.
Obs.: No caso de apartamento, o número a ser considerado
é o número do apartamento.

Qual a Vibração do Número da Sua Casa?

Some os números da sua casa ou apartamento
(considere apenas os algarismos da sua porta),
até chegar a um único dígito ou ao resultado 11,
que tem uma designação especial.
Exemplo: 536 = 5 + 3 + 6 = 14 > 1 + 4 = 5.

Neste exemplo, se você quiser alterar a vibração da casa de 5
para "3", basta colocar ao lado do número a letra cujo valor
corresponda ao número 7 ( letras G, P, Y - ver tabela).

Por exemplo: 536G (Já que 5 + 7 = 12 => 1 + 2 = "3")

Para Pitágoras, número era sinônimo de harmonia.

Casa Número 1
Este número está relacionado à liderança e à autoridade,
características eventualmente difíceis e embaraçosas
para a convivência entre pessoas sob o mesmo teto.
Se na casa já existem indivíduos com essas particularidades,
a tendência é realçá-las ainda mais.

Casa Número 2
Número estritamente ligado à família.
Estimula a diplomacia e a justiça, equilibrando as forças masculinas
(ligadas à ação) e as femininas (as da recepção).
Com ele, as brigas promovidas pela competição tendem a desaparecer.

Casa Número 3
Acredita-se que este seja o melhor número para a casa.
Ele é o da comunicação, da alegria e do bom humor,
ingredientes fundamentais para uma convivência saudável.
Torna a casa também mais receptiva para festas e reuniões entre amigos.

Casa Número 4
Ligado à disciplina e à organização, o 4 costuma ser
o número dos perfeccionistas. Por isso, tende a criar um clima pesado
para a casa, onde pode imperar a rigidez e a falta de flexibilidade
em aceitar as falhas humanas.

Casa Número 5
Eis o número ideal para aqueles que gostam de morar sozinhos.
Ele está ligado às pessoas livres e independentes.
Entretanto, para os que vivem só e se sentem infelizes com isso,
3 é o melhor resultado.

Casa Número 6
Para os amorosos, muito voltados para a família, esta é uma boa soma.
Diz-se que é o número da casa das mães, onde todos se reúnem e
as relações afetivas fluem livremente.

Casa Número 7
Indicado para aqueles que buscam interiorização.
Estimula o isolamento e o auto conhecimento.
É desfavorável para pessoas que se sentem solitárias,
pois afasta visitantes.

Casa Número 8
Adapta-se melhor a endereços comerciais, uma vez que é um número
voltado para coisas materiais. Para quem trabalha em casa,
uma boa solução é criar uma entrada independente para o escritório,
colocando aí a soma 8. Entretanto, as energias somente fluirão
se as entradas forem respeitadas.

Casa Número 9
Identificado com forças espirituais, este numero lida com energias sutis,
mais voltadas para o etéreo e para a coletividade.
Não é bom para residências, mas funciona muito em organizações
que servem a muita gente, como sindicatos, escolas, agremiações ou clubes.

Casa Número 11
Julgado por muitos numerólogos, o número perfeito, o 11 pode estar presente
tanto nas casa como nas empresas. Ele amplia ideais de vida,
desfaz a rigidez dos ambientes, estimula as pessoas
a buscarem novas saídas para seus problemas e ampliar seus horizontes.

sábado, 8 de março de 2008

quarta-feira, 5 de março de 2008

Numerologia - parte II

Lição de Vida
A Numerologia também pode indicar a Lição de Vida de uma pessoa, porém a lição de vida não é calculada através do nome e sim através da data de nascimento.

Exemplo Prático
Uma pessoa nascida no dia 22 de maio de 1986.

2+2+5+1+9+8+6 = 33

Assim como fizemos com o nome, deveremos reduzir o número a um dígito. > 3+3= 6

Logo, a Lição de Vida dessa pessoa é 6.

Conhecendo as Lições de Vida

Quem tem o número de Lição de Vida 1
Líder, Independente e Original
Sua Lição de Vida é desenvolver a individualidade e a liderança. Ser o seu próprio chefe, não dependendo de ninguém. Você precisa desenvolver a capacidade executiva, tomando você mesmo a iniciativa e nunca esperando os outros dizerem o que deve ser feito.
Deve aproveitar seu dom especial para descobrir novos campos de atuação. Pessoa de vanguarda, sua originalidade e intuição são urna fonte fértil e inesgotável de idéias.
Você deve assumir posições de liderança e autoridade, angariando respeito e notoriedade. Se utilizar sua ambição positivamente terá sucesso na vida.
Nunca tenha medo de pôr em prática suas idéias e de atuar em áreas inovadoras. Você deve aproveitar sua coragem e sua determinação, não se deixando ser envolvido pela arrogância, pelo orgulho e pelo egoísmo.

Quem tem o número de Lição de Vida 2
Compreensivo, Receptivo e Diplomático
Sua Lição de Vida é desenvolver a cooperação com as outras pessoas, estabelecendo a harmonia onde houver conflitos. Mesmo que não seja o astro principal na atividade em que estiver, poderá realizar-se, unindo-se àqueles que têm maior liderança.
Você deve aproveitar sua grande paciência e perseverança. Ao imbuir-se de uma atitude de cooperação e diplomacia para com os outros, vai preferir trabalhar em grupos que tenham um objetivo comum, lutando para mantê-los sempre unidos. Aproveite sua diplomacia e sua paciência para convencer facilmente os outros.
Seja fiel e procure dedicar-se com afinco às pessoas que ama. Deve tomar cuidado para não expressar este Número negativamente, pois corre o risco de tornar-se inseguro e dependente, perdendo seu rumo de vida.

Quem tem o número de Lição de Vida 3
Otimista, Sociável e Criativo
Sua Lição de Vida é desenvolver a comunicação e a criatividade, aproveitando sua imaginação e o seu dom artístico.
Gosta de conversar e tem muita disposição para a vida. Você deve expressar suas próprias idéias e a sua alegria de viver. Deixe fluir a sua intuição e o dom da palavra conseguirá abrir muitas portas.
Suas idéias criativas serão decisivas para a solução dos mais diferentes problemas. Ama a liberdade e abomina a monotonia. É extrovertido e adora fazer parte de grupos sociais. Encontrará forças com facilidade, toda vez que se deparar com problemas. Deve evitar dispersar suas atenções, direcionando a sua intensa energia para objetivos mais concretos. Não pode ser excessivamente crítico, tomando cuidado para não se deixar envolver pelo ciúme, pela impaciência ou mesmo pela auto depreciação.

Quem tem o Número de Lição de Vida 4
Disciplinado, metódico e confiável
Sua Lição de Vida é aprender a agir com organização assumindo apenas os riscos que ofereçam uma boa margem de segurança.
Você deve ser abnegado, paciente, honesto e racional, aprendendo a conviver com algumas limitações que a vida possa impor, de ordem física, material e emocional, provocadas pelo ambiente ou por outras pessoas.
Deve procurar realizar suas tarefas com responsabilidade e eficiência, dando importância aos detalhes, para conquistar assim a confiança das outras pessoas.
Agindo com organização e dedicação, construirá um futuro materialmente seguro. Deve evitar o autoritarismo, a impaciência e a rigidez exagerada, tomando cuidado para não perder o controle quando tudo não é exatamente do jeito que você quer.

Quem tem o Número de Lição de Vida 5
Versátil, Curioso e Aventureiro
Sua Lição de Vida é aprender a usar adequadamente a sua liberdade. A vida oferecerá muita oportunidades, mudanças e aventuras. Somente agindo com responsabilidade, valorizando-se e usando a liberdade de maneira construtiva é que conseguirá o que deseja.
Aproveite seus inúmeros talentos e procure desenvolver a versatilidade para poder lidar com as inúmeras experiências que surgirão ao longo do seu caminho Você deve aproveitar o seu carisma para ter êxito em atividades que envolvam contato com o público.
Viagens e novas experiências podem ser transformadas em boas oportunidades para o amadurecimento pessoal. Não abuse da sua grande sensualidade e não permita que a rotina o aborreça, tomando cuidado para não sucumbir à irresponsabilidade, à dispersão e a vícios tais como bebida e droga.

Quem tem o Número de Lição de Vida 6
Responsável, Dedicado, Justo e Tímido
Sua Lição de Vida é desenvolver o senso de responsabilidade para com a família e a comunidade.
Deve aprender também a ter um bom senso de justiça. Você deve dar ajuda e conforto às pessoas que o procuram, colocando o bem-estar do grupo, da família e da comunidade acima do seu. É fundamental que desenvolva o senso de justiça, aprendendo a encontrar o equilíbrio em situações em que haja conflito, A arte e a beleza o fascinam, e ajudarão a deixá-lo em harmonia com as pessoas e os ambientes que freqüenta. Não pode deixar o espírito fraternal de lado, tomando cuidado para não ser envolvido por um orgulho excessivo e um espírito egocêntrico. Procure controlar sua possessividade para que não interfira de forma negativa na vida das outras pessoas.

Quem tem o Número de Lição de Vida 7
Intuitivo, Espiritual e Analítico
Sua Lição de Vida e conhecer a si próprio e confiar na sua intuição para então encontrar o seu caminho. Através de um trabalho de auto conhecimento você buscará respostas para os mistérios da vida.
Evite aceitar a opinião dos outros como a palavra final, pesquisando bastante ate chegar a uma conclusão própria. Você optará por conviver com pessoas que tenham objetivos semelhantes e os mesmos questionamentos.
Procure compreender a vida estudando a filosofia em geral e as ciências esotéricas, nas quais encontrará informações e conceitos fundamentais para a sua realização. Esta é uma lição de intensa espiritualidade. Não seja demasiadamente impaciente. Evite também o isolamento, não se deixando envolver pela melancolia. Cuidado para que as dúvidas não o tornem uma pessoa insegura.

Quem tem o número de lição de Vida 8
Perseverante, Energético e Determinado
Sua Lição de Vida é aprender a lidar de maneira positiva e ponderada com o mundo material e o poder.
Você deverá agir com determinação e conhecimento do que esta fazendo. Poderá construir um império comercial e o seu sucesso será motivo de inspiração para muita gente. Aproveite a sua ambição e a sua capacidade de organização. Confie em si próprio e desenvolva a sua grande habilidade administrativa e executiva. É necessário ter excelente equilíbrio e discernimento para julgar e encontrar a verdade. Seja realista e não alimente fantasias. Não pode ser excessivamente ambicioso, tomando cuidado para não se deixar envolver pela avareza, pelo materialismo e pelo egoísmo. Atenção para o abuso de poder.

Quem tem o Número de Lição de Vida 9
Humanitário, Generoso e Tolerante
Sua Lição de Vida e desenvolver a compaixão e a capacidade de doar-se sem esperar nada em troca, pelo simples prazer de ser útil a alguém.
Sensível e idealista, você poderá ficar freqüentemente desapontado com as imperfeições do mundo.
Romântico, quando estiver amando, apaixonar-se-á profundamente. Você é criativo e ao usar seus talentos conseguirá angariar facilmente o reconhecimento público e a amizade dos que o cercam. Você deve aprender a preservar e utilizar as riquezas que vier a acumular em proveito dos mais necessitados. Procure entender que o verdadeiro caminho da felicidade é servir aos outros e nunca agir de forma mesquinha.
Suas recompensas virão naturalmente. Nesta lição há lutas e desafios e o seu crescimento virá em função de como você lida com essas provas. Deve tomar cuidado para não se deixar envolver pelo egoísmo, pela falta de ética e pela indiferença.

Quem tem o Número de Lição de Vida 11
Realista, Visionário e Inspirado
Este é um Número de importância espiritual, sujeito a ansiedade e instabilidade emocional.
Para viver a altura do seu ideal precisará ter talento e coragem. Sua Lição de Vida é aprender a tomar consciência do mundo espiritual e a relacionar-se com o mundo material, vivenciando os seus ideais e trabalhando para torná-los realidade.
Você é idealista e perfeccionista. O seu magnetismo pessoal e a sua capacidade de compreensão ajudarão a atrair as outras pessoas. Você deve aprender a desenvolver a sua intuição, procurando transmitir todo o seu conhecimento e sabedoria para os outros e abrindo novos caminhos para que estes possam seguir.
Deverá ser um autêntico exemplo de vida. Deve tomar cuidado para não ser envolvido pela ambição, a qual poderá trazer a sua ruína, pois o seu sucesso estará sempre associado ao bem da humanidade.
Caso não vivencie esta Lição à altura do ideal deste. Número Mestre1 deve consultar a lição de Vida 2, que é o resultado da soma de 1 + 1.

(Texto: Retirado da Wikipédia)

terça-feira, 4 de março de 2008

Estou contando com a sua ajuda!

Não acreditei quando li.
Tornei a reler o recado, novamente.
Seria verdade mesmo?
Um aviso que estaria em votação no CMI,
esta semana, nem sonhava com isso.
Jamais.
Agora, peço a sua ajuda, se for possível.
Será que você me daria um voto?
Estarei contando com ele.
Obrigado.

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Numerologia - parte I


O Estudo da Vibração dos Números

Descrição

Numerologia é o estudo das influências e qualidades místicas dos números.

Segundo a Numerologia, cada número ou valor numérico é dotado
de uma vibração ou essência individual e indicaria tendências de acontecimentos ou de personalidade.

O filósofo grego Pitágoras é considerado o pai da numerologia.

Na verdade, a numerologia é uma derivação da Gematria,
um ramo da Cabala, que utiliza o alfabeto hebraico como base.

A Numerologia seria então uma adaptação dos princípios da Gematria
para o alfabeto romano.

Tipos de Numerologia:
Numerologia Pitagórica
Numerologia Cabalística
Numerologia Élfica

A Influência dos Números
Cada número tem um significado que influí na vida de cada indivíduo.
Cada nome carrega uma vibração numerológica, por isso é tão importante
escolhermos bem o nome dos nossos filhos e por esse mesmo motivo
muitas pessoas empregam nomes artistícos afim de que vibrações
de números mais vantajosos influam positivamente na carreira.

Calculando o Seu Número
Cada letra corresponde a um número, segundo a tabela abaixo:

A= 1
J= 1
S= 1

B= 2
K= 2
T= 2

C= 3
L= 3
U= 3

D= 4
M= 4
V= 4

E= 5
N ou Ñ= 5
W= 5

F= 6
O= 6
X= 6

H= 7
P= 7
Y= 7

H= 8
Q= 8
Z= 8

I= 9
R= 9

Cada letra deve ser transformada em número e se por acaso,
o número for maior que 9 deve ser reduzir o número a um dígito.

Por exemplo, se o número de uma pessoa for 14 soma-se 1 + 4,
e o número será 5. Se houver acentos no nome da pessoa,
tais acentos não deverão ser considerados, nesse caso o "ç"
irá equivaler a "c" e o "é" ao "e".

Exemplo prático:
"Uma pessoa cujo o nome é Maria Conceição das Dores"

M A R I A C O N C E I C A O D A S D O R E S

4 1 9 9 1 + 3 6 5 3 5 9 3 1 6 + 4 1 1 + 4 6 9 5 1

Somando todos os números teremos 96.
É um número de dois dígitos, logo, teremos que reduzí-lo:
9 + 6 = 15

Outro número de dois dígitos. Reduziremos mais uma vez:
1 + 5 = 6

Logo, o número pessoal é 6.

Sumário da significação geral e características dos números em um nome.

ZERO, o mensageiro dos nove algarismos.

Embora o ZERO, nada, não seja realmente um número,
já não designa uma quantidade, é o início,
ou vanguardeiro dos algarismos. O símbolo 0 significa o eterno,
o universo, e a origem potencial de onde se desenvolvem
os nove algarismos. Nas ciências exatas os símbolos são ainda
amplamente usados para representar idéias.

Já que nem nós, nem ninguém além de nós, pode ser identificado
como número ZERO ( 0 ) , não entramos em pormenores
para descrever as suas características na significação geral
dos números. Ele é, simplesmente, um mensageiro dos nove algarismos.

0 - O potencial de todos os números, tudo ou nada.
1 - Individualista, pioneiro, criador, lider, iniciador.
2 - Pacifista, diplomata, músico, estatístico, funcionário, bibliotecário.
3 - Artista, orador, escritor, produtor de diversão, humorista.
4 - Construtor, fazendeiro, funcionário público, político, mecânico, escriturário.
5 - Viajante, vendedor, detetive, psicólogo, aventureiro, escritor.
6 - Professor, pai, trabalhador, médico, enfermeiro, decorador, cozinheiro.
7 - Pensador, filósofo, psíquico, perfeccionista, escritor, professor.
8 - Analista, executivo, promotor de negócios, advogado, banqueiro, editor
9 - Filantropo, viajante, curandeiro, ministro, ator, médico.

Texto: Retirado da Wikipédia